“The Spoils of War” leva “Game of Thrones” para fase decisiva na temporada

By | 3rd August 2017


Daenerys e Jon em cena do quarto episódio da sétima temporada de Game of Thrones
Divulgação

Daenerys e Jon em cena do quarto episódio da sétima temporada de Game of Thrones

A espera por “The Spoils of War”, quarto episódio da sétima temporada de “Game of Thrones”, é especialmente dolorosa. Após a morte da genial Olenna Tyrell (Diana Rigg) no fim do último episódio, “The Queen´s Justice”, ficou claro que Cersei (Lena Headey) reequilibrou as forças contra Daenerys (Emilia Clarke), que no fim da sexta temporada parecia capaz de destroçar Cersei sem muito esforço.

Leia também: “Game of Thrones” tem choque entre Jon e Daenerys e vitória amarga de Cersei

Menor, o sétimo ano não está para brincadeira. “Game of Thrones”
sempre foi uma série
de grande economia narrativa. Todas as cenas existem por uma razão narrativa peremptória, mas raramente os episódios têm ritmo acelerado e todas as cenas remontam e desmontam estratégias, alianças e convicções. Desde o fim do sexto ano, mais especificamente do antológico “Battle of the bastards”, a série adquiriu um novo fôlego e assumiu-se como um fenômeno cultural que caminha para seu desfecho – pelo menos até a saraivada de spin-offs ganharem forma.

Leia também: Desenhista de “Game of Thrones” diz como mantém segredos da série: “calo a boca”


Cena do próximo episódio de Game of Thrones
Divulgação

Cena do próximo episódio de Game of Thrones

E é difícil fazer qualquer previsão em relação ao futuro dos Sete Reinos. Parece certo supor que Tyrion (Peter Dinklage) perde influência com suas estratégicas políticas em face das derrotas de Daenerys para Cersei. Contudo, a mãe dos dragões não deve, pelo menos em um primeiro momento, se lançar em um confronto aberto contra Cersei. Quem deve se favorecer desse cenário é justamente Jon Snow (Kit Harrington), que foi recebido com desconfiança e ceticismo pela (até o momento) última Targaryen viva.

Em outra frente, Bran (Isaac Hempstead-Wright) está cada vez mais à vontade como Corvo de Três Olhos e essa condição pôde ser verificada no desconfortável reencontro com Sansa (Sophie Turner). Bran é o coringa da temporada. Produtores e fãs sabem que a revelação que ele tem a fazer a Jon Snow muda os paradigmas da disputa pelo trono de ferro, mas para Jon Snow essa é uma questão menor.

Leia também: Ator de “Game Of Thrones” revela: “Euron sabe que vai morrer”

Se o retorno de Jon a Winterfell demorar para acontecer, e é bem possível que demore alguns episódios, a tendência é que ele seja tragado para a batalha de Daenerys com a promessa de dedicação a posteriori contra o Rei da Noite e seu exército de mortos.

Em King´s Landing


Sansa em cena de
Divulgação

Sansa em cena de “The Spoils of War”, próximo episódio de Game of Thrones

Cersei reagrupou muito bem e parece satisfatoriamente preparada para defender-se, até mesmo, de um ataque com dragões. Mas a inevitável aproximação de Euron Greyjoy tem potencial para desestabilizar sua relação com Jaime, que contra todos os prognósticos ensejados ao fim do sexto ano segue fiel e irredutível ao lado da amada irmã e amante.

O avanço nas relações com o Banco de Bravoos também joga em favor da atual ocupante do trono de ferro. O próximo episódio, cujas primeiras imagens já foram divulgadas pela HBO
, promete mais acirramento e surpresas em “Game of Thrones”.

Source link

قالب وردپرس

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *