Série mais pirateada de sempre previne-se filmando vários finais

By | 14th September 2017

Game of Thrones – ou A Guerra dos Tronos, por cá – aproxima-se do final com uma marca praticamente desde o início: a pirataria informática. Para evitar revelações antes da emissão dos episódios, os produtores optaram por filmar vários finais.

Os números da primeira temporada já deixavam antever um registo histórico, confirmada nos anos seguintes: Game of Thrones tornou-se na série mais pirateada de sempre na internet e alguns episódios da temporada mais recente (a sétima) foram divulgados online… antes de passarem na televisão.

E, como entendem os fãs, só o Jon Snow é que não sabia.

Um cenário que a HBO não quer ver repetido na oitava temporada, que vai encerrar a série. Até é possível que alguns episódios ou revelações sejam divulgadas, mas ninguém fora da produção terá a certeza que é o ‘verdadeiro’ final.

“Vamos filmar várias cenas finais para que ninguém saiba com certeza o que vai acontecer”, prometeu o vice-presidente da HBO para a Programação, Casey Bloys.

“É algo que se tem de fazer nas séries mais longas”, argumentou: “Quando se está a filmar uma cena há muitas pessoas a tomarem conhecimento do que acontece”.

Ninguém confia em ninguém, quer nos sete reinos de Westeros, quer na produção de Game of Thrones. Mas não se trata de um exclusivo…

Outras séries de grande impacto no mundo televisivo já tinham recorrido à gravação de vários finais, como aconteceu com Os Sopranos e com Breaking Bad.

Source link

قالب وردپرس

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *