Resenha | Game of Thrones 7° Temporada (6° Ep)

By | 18th August 2017

A tão esperada sétima temporada de GOT finalmente chegou! A estreia foi exibida pela HBO no dia 16 de julho de 2017.

E para quem estava achando que a temporada estava boa até aqui, o sexto episódio veio para acelerar os nossos corações e nos dar aquele desespero de pensar que a temporada já está acabando.

Atenção! Contém Spoilers!

Nesse episódio, nada vemos sobre Cersei e King’s Landing. O foco está completamente sobre “o outro lado” da muralha e os White Walkers, os vagantes brancos.

A equipe de Jon parte em sua expedição para além da muralha em busca de um morto-vivo para presentear Cersei e provar que a verdadeira guerra é contra os mortos. Mas logo após conseguirem seu refém, são atacados por um grande, imenso e invencível exército de mortos-vivos comandados pelo rei da noite.

Antes que todos morressem (pois eles não teriam chances), Gendry foge de volta para a muralha com a missão de enviar um corvo a Daenerys pedindo ajuda, socorro, reforços!

Enquanto isso, em Winterfell, Arya está provando que tudo que sofreu nas temporadas anteriores em Bravos valeu a pena. Ela joga super bem o jogo dos rostos e está deixando Sansa assustada.

Sansa recebe uma carta a convidando para ir a Porto Real, mas envia Brienne em seu lugar. Ela diz estar segura em Winterfell, mas Arya e Little Finger são fortes candidatos para serem o seu maior perigo.

No norte da muralha, Jon e seus amigos estão prestes a morrer quando a sorte sorri para eles, que conseguem se isolar dos mortos-vivos graças a um lago congelado que estava prestes a quebrar-se.

Mas como alguém precisa estragar tudo, o Cão Clegane dá a deixa para que os mortos os ataquem. Mas claro que isso foi sem querer.

Os corvos estão a cada episódio mais rápidos e eficientes, e a essa altura, Daenerys já estava sabendo de tudo e pronta para prestar socorro ao grupo de Jon.

Enquanto o clima esfria ao norte da muralha, Sansa e Arya discutem sobre o que passaram nas temporadas anteriores e acusam uma à outra de traição a família.

Nas terras do rei da noite, Daenerys chega queimando milhares de mortos-vivos, virando o placar a favor dos Targaryen. Mas só para mostrar que as coisas não são tão simples como parecem, o rei da noite atira sua lança em um dos dragões, que cai morto no lago de gelo.

Assustados, eles partem antes que morressem e nosso herói Jon fica para trás. Após ser dado como morto, ele ressurge do lago congelante e é salvo pelo Tio Benjamin, aquele tio que Jon procurava desde a primeira temporada de Got. Seu tio morto dá a sua “vida” por ele, que consegue fugir e ser resgatado na muralha.

Quando ele acorda, se depara com Daenerys feliz (mesmo sem dizer) por ele estar vivo. Ele lamenta a morte de um dos dragões e a chama de “Dany”. Depois de ela se sentir envergonhada, ele a chama de “minha rainha” e declara que se ajoelhará a ela nessa guerra.

Depois de todos estarem apaixonados pelo casal #Joerys, Got arranca nosso coração quando encerra o ep mostrando o rei da noite, nada mais, nada menos, que acordando o Dragão de Gelo.

Leia também os resumos das outras temporadas de Game of Thrones!

Leia também as resenhas dos outros episódios da 7° Temporada de Got!


 

Source link

قالب وردپرس

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *