Por onde andam as espadas de Aço Valiriano que ainda existem em Westeros?

By | 24th August 2017


Há duas coisas capazes de matar os Caminhantes Brancos em Game of Thrones: obsidiana (ou vidro de dragão) e aço Valiriano. Um destes itens — o primeiro — é o que Jon foi buscar em Pedra do Dragão. O segundo é uma poderosa (e rara) liga de metal que tem suas origens na extinta Valíria, material do qual são feitas algumas das mais importantes e letais armas de Westeros. É verdade que faz um tempo que o aço Valiriano não é um assunto muito mencionado na série, mas à medida que um bando de Caminhantes Brancos e wights se aproxima da muralha, é só uma questão de tempo para que alguém precise reunir todo o aço Valiriano que existe e o coloque à disposição daqueles que irão enfrentar o exército do Rei da Noite.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema


Para te ajudar na memória, o


AdoroCinema


decidiu fazer uma lista de todas principais  as espadas (e armas em geral) deste aço que existem na série — e com quem estão. Relembre abaixo.

Garralonga, com Jon Snow






A espada da Casa Mormont era usada pelo 997º Lorde Comandante da Patrulha da Noite, Jeor Mormont (James Cosmo), que confiou a arma ao seu então escudeiro e confidente fiel, Jon (Kit Harington), antes de morrer.


Longclaw


(seu nome original) é uma espada bastarda, ou seja, de tamanho mediano e normalmente usada nas costas do portador. Já teve esculpido em seu punho um urso, mas este foi substituído por um lobo, que representa Fantasma.

Cumpridora de Promessas, com Brienne de Tarth






Oathkeeper


é uma das espadas que foram feitas depois que Tywin Lannister (Charles Dance) mandou derreter Gelo, a espada que pertencia à Casa Stark. Inicialmente, a espada foi entregue a Jaime Lannister (Nikolaj Coster-Waldau) para que ele pudesse abandonar a Guarda Real e assumir Rochedo Casterly. Jaime se recusa a deixar o posto, mas o pai o entrega a espada mesmo assim.






Mais tarde, Jaime dá a espada de presente a Brienne de Tarth (Gwendoline Christie) como um presente de partida, quando a encarrega de localizar e proteger as filhas de Catelyn Stark, Arya e Sansa (Sophie Turner). Desde então, Brienne mantém a posse de Cumpridora de Promessas, que está com ela em Winterfell.

Lamento de Viúva, com Jaime Lannister






Widow’s Wail


é a outra espada que foi feita a partir de Gelo, e foi inicialmente entregue ao então Rei do Trono de Ferro, Joffrey Baratheon (Jack Gleeson). Embora o irritante e mimado filho de Cersei jamais tenha a colocado em uso, de fato, Jaime a tomou para si após os fatídicos eventos do Casamento Roxo (e uma das mortes mais satistafórias da série). É fato também que, sem a mão direita, Jaime não é mais o espadachim que era antes, mas isso não o impede de empunhar uma arma tão rara quanto cobiçada.

Veneno do Coração, com Sam Tarly






A arma ancestral da Casa Tarly está na família há 500 anos. É uma grande espada de duas mãos que fica orgulhosamente exposta em Monte Chifre. O punho tem um formato de arco e flecha, que reflete o símbolo da casa.






Atualmente,


Heartsbane


está sob a posse de Samwell Tarly (John Bradley), que a roubou da sala de jantar quando visitou o Castelo a caminho de Vilavelha, junto a Gilly (Hannah Murrayta). Durante a sétima temporada, Randyll (James Faulkner) não mencionou o roubo da espada uma única vez. Agora, a arma está com Sam a caminho de algum lugar, qualquer que seja o seu destino após ter abandonado a Cidadela.

A adaga com osso de dragão, com Arya Stark






A infame adaga que foi usada na tentativa de assassinar Bran Stark (Isaac Hempstead-Wright) na primeira temporada foi motor do sequestro de Tyrion (Peter Dinklage) e da fúria de Catelyn (Michelle Fairley).  Em teoria, a adaga pertencia a Lorde Petyr Baelish (Aidan Gillen), que alegou tê-la perdido em uma aposta para Tyrion.






Na sétima temporada, Mindinho — que já estava novamente de posse da arma — a dá de presente para Bran, que a entrega à irmã, Arya (Maisie Williams) quando ela retorna a Winterfell.


As que estão no livro mas não estão na série…






Ainda existem outras armas conhecidas de aço Valiriano, que são mencionadas nos livros mas por enquanto não apareceram na série. Não é muito provável que façam alguma aparição, mas não custa listá-las:

Senhora Desespero, da Casa Corbray






Senhora Desespero é uma longa espada ancestral que pertence à Casa Corbay. A espada aparece brevemente em “O Festim dos Corvos”, e é citada como feita de aço Valiriano em “O Mundo de Gelo e Fogo”.

O Machado da Casa Celtigar






Segundo a mitologia, existe um machado de aço valiriano entre o tesouro da casa Celtigar, da Ilha da Garra.

O arakh de Caggo






Caggo Corpsekiller é o segundo em comando da companhia mercenária Soprados pelo Vento. Seu arakh (a arma tradicionalmente usada pelos dothraki) é feita de aço valiriano, segundo a descrição de “A Dança dos Dragões”.

Anoitecer, da Casa Harlaw






A Casa Harlaw é uma das mais poderosas entre as das Ilhas de Ferro. Eles controlam a sua própria ilha, com cinco fortalezas no local. Anoitecer é a longa espada de aço Valiriano da família, que atualmente está sob a posse de Sor Harras Harlaw.

Chuva Rubra, da Casa Drumm






Espada ancestral da Casa Drumm, de Velha Wyk, Chuva Rubra foi tomada de um caveleiro por um dos antepassados da família. É mencionado que ela é feita de aço Valiriano em “O Festim dos Corvos”, durante a Assembleia dos Homens Livres.


AdoroCinema

Source link

قالب وردپرس

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *