Obsidian poderia ter feito um jogo do Game of Thrones

By | 1st September 2017



Nos últimos dias começou a circular pela web um rumor de que a Bethesda estaria produzindo um jogo baseado na franquia Game of Thrones e dada a qualidade dos títulos que a empresa costuma entregar, os fãs evidentemente ficaram bastante empolgados. Porém, logo depois um representante da Target, loja que teria vazado a informação, tratou de negar a história, mas o assunto serviu para descobrirmos que outra desenvolvedora famosa poderia ter seguido por este caminho.

Também conhecidos pelos ótimos RPGs que produzem, a Obsidian Entertainment teve, lá em 2005, a oportunidade de trabalhar com a saga criada por George R. R. Martin, numa parceria oferecida pela Electronic Arts. Mas como você já deve imaginar, eles acabaram recusando-a.

Na época os RTSs eram mais relevantes e eu disse, ‘simplesmente não sei como poderíamos fazer isso… Parece mais com um jogo RTS.’ Você possui diferentes facções e coloca mais intrigas políticas nele,” explicou Feargus Urquhart, cofundador do estúdio. “Além das coisas estranhas que acontecem além da muralha e de dragões e algumas sugestões de fantasia/mágica, não há praticantes de magia, não há clérigos, não há ladrões. Basicamente existem caras com espadas e armaduras e um pouco de misticismo, mas na região principal não há goblins, kobolds…

Mas apesar de tal possibilidade ter surgido muito antes da série da HBO ir ao ar, Urquhart disse conhecer os livros desde 1996. Por isso ele achava que o seu estúdio, já focado na produção de RPGs de mundo aberto, não seria capaz de criar algo nos moldes do que ele considerava correto.

Sendo assim, o executivo acredita que a única maneira de um RPG baseado no universo de Martin ter dado certo seria contando uma história paralela. Curiosamente, foi justamente essa estratégia que a Cyanide Studios adotou com o título lançado em 2012, mas mesmo assim a obra deles nunca despertou o interesse do grande público.

A minha dúvida é com todo o sucesso que a marca conquistou, se hoje em dia a Obsidian ainda recusaria tal proposta e mesmo entendendo a justificativa de Urquhart, adoraria ver um Game of Thrones nos moldes de um Pillars of Eternity ou Tyranny.

Fonte: Eurogamer.


Relacionados: A Game of Thrones, Obsidian Entertainment, RPG

Source link

قالب وردپرس

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *