‘Game of Thrones’ tem sido sobre família, o que diz muito sobre Daenerys A Gambiarra

By | 25th August 2017

A sétima temporada de Game of Thrones foi, é claro, bem diferente das anteriores. Por vários motivos: duração, cenas aceleradas, falhas estranhas no enredo… Mas principalmente, porque ela focou pouco em guerra e mais em família. E isso tudo tem a ver com Daenerys Targaryen.


Atenção: esse post tem SPOILERS trazidos por corvos.


Parece estranho falar que focou menos em guerra quando tivemos várias cenas de batalha? Tivemos Euron atacando a frota de Yara, Jaime tomando Jardim de Cima, Daenerys ateando fogo aos Lannisters e enfrentando o Rei da Noite. Mas, mesmo assim, todas elas focavam alguma relação familiar.

Yara refém e Theon falhando com ela novamente; Ellaria vendo a filha sofrer; Jaime descobrindo que Olenna matou seu primogênito; Tyrion temendo pela morte do irmão e, claro, a morte de Viseryon, repetido mil vezes como filho de Dany. Além de tudo isso, vimos os Tarly se mantendo unidos e enfrentando a khaleesi, mesmo que tenha lhes custado a morte.

Mesmo o drama dos Stark está centrado na relação familiar, focando em como Sansa (Sophie Turner) observa que sua família mudou. E vários personagens falam sobre formar família: Cersei (Lena Headey) grávida, Missandei (Nathalie Emmanuel) e Verme Cinzento (Jacob Anderson) juntos, e até Tormund (Kristofer Hijvu) falando sobre ter filhos com Brienne (Gwendoline Christie).

Tudo isso, provavelmente, para aproximar Daenerys (Emilia Clarke) e Jon Snow (Kit Harington). Além das cenas românticas um tanto quanto forçadas, tivemos momentos importantes. Tyrion (Peter Dinklage) inquirindo Dany sobre sucessão, Jon se aproximando dos dragões e até o momento em que a khaleesi confessa que é infértil.

Isso tudo nos leva a um ponto importante: a questão sobre o futuro não é só sobreviver, e sim construir um mundo novo. E se Dany e Jon vão se juntar, ele seria de alguma forma, pai dos dragões? O título do episódio final dessa temporada de Game of Thrones é The Dragon and the Wolf, ou seja, O Dragão e o Lobo. Pode fazer menção à Rhaegar e Lyanna, sim, mas também a Dany e Jon. Talvez, ao próprio Jon, simplesmente.


Leia mais:


O desaparecimento de Daenerys

Outro ponto importante é que várias vezes durante a série foi discutido que Dany não poderia morrer, pois ela é a única que comanda dragões. Mas vimos que Jon não parece temê-los, e nem eles parecem ameaçá-lo. Poderia ele tomá-los para si caso a khaleesi morresse?

Além disso, Daenerys está sumida das divulgações do sétimo episódio. Ela não aparece na prévia, nem em fotos. Óbvio que ela estará nele, mas ela não está aparecendo por alguma razão. Ela não parece ter ido à Porto Real, o que parece plausível: seria arriscado demais que Cersei visse que falta um dragão.

Mas não ter aparecido em cena alguma pode indicar algo mais. Será que ela vai tomar alguma decisão drástica, agora que Viseryon está morto?

Existem teorias em que ela se sacrifica para acender a Luminífera, a espada de Azhor Ahai, pensando no povo. Mas, mesmo que isso não aconteça, uma coisa é clara: Daenerys, foragida e nômade, está conseguindo o lar que nunca teve.

Source link

قالب وردپرس

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *