Game of Thrones | Desigualdade na direção, dos 19 diretores apenas 1 era mulher

By | 30th August 2017




Cavalo de Tróia | É claro que a suposta reunião também pode ser uma armadilha, uma espécie de “Cavalo de Tróia”, para que Cersei consiga fazer um assassinato em massa. Esta hipótese tem sido levantada por muitos fãs.

“Talvez tudo seja sobre p**** no final”, já dizia Jaime Lannister, interpretado pelo ator Nikolaj Coster-Waldau, durante o final da 7º temporada da série. A frase cai como um tapa, se analisarmos os diretores e roteiristas escolhidos para a produção da série da HBO.

Não é novidade que a série produzida por D.B Weiss e David Benioff, vem favorecendo o sexo masculino quando se trata da equipe que escreve e dirige a série. Para aqueles que não sabem, apenas 3 mulheres foram escaladas para participar nos cargos de roteirista e direção, durante 67 episódios, distribuídos entre 7 temporadas.

Jane Espenson trabalhou como roteirista durante a primeira temporada e só participou do episódio 6, “A Golden Crown”. Vanessa Taylor fez o roteiro de 2 episódios da segunda temporada e  1 episódio da terceira temporada. Enquanto que Michelle Maclaren, a única mulher a dirigir a série até hoje, trabalhou em 2 episódios da terceira temporada e 2 episódios da quarta temporada.

O caso é preocupante para uma série desse porte, especialmente quando estúdios e produtores estão se conscientizando da diversidade de gênero para a equipe que trabalha por trás das câmeras. Enquanto o time que irá produzir a próxima temporada não for definido, seria interessante para a quebra de paradigmas, que a última temporada da série tenha um toque feminino por trás das câmeras.

Confira o nosso review da temporada completa



Source link

قالب وردپرس

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *