Game of Thrones 7×02: a nova edição de ‘Os Piratas das Caraíbas’

By | 27th July 2017

Após um começo lento, que lançou as sementes para as várias tramas deste verão, a sétima temporada de Game of Thrones continua com o seu segundo episódio, que trouxe um mar de grandes acontecimentos: guerra, reencontros, mortes e muito mais. Stormborn estreou no canal HBO no dia 23 de junho. Em Portugal, a série é transmitida às segundas-feiras no SyFy.

Dragonstone

A nova casa de Daenerys (Emilia Clarke) é palco de um confronto entre ela e Varys (Conleth Hill), até que ele jura lealdade e honestidade à sua rainha. Assistimos também ao regresso de Melisandre (Carice van Houten), que informa Daenerys da conquista do Norte por parte de Jon Snow (Kit Harington).

Todas as casas se reúnem para decidir como conquistar os sete reinos e, de repente, damos por nós numa sala composta por Daenerys, Tyrion (Peter Dinklage), Varys, Grey Worm (Jacob Anderson), Missandei (Nathalie Emmanuel), Ellaria Sand (Indira Varma), os irmãos Greyjoy (Alfie Allen e Gemma Whelan) e Olenna Tyrell (Diana Rigg). Nunca a série havia tido tanto talento reunido numa só cena.

Daenerys não quer invadir King’s Landing de forma irracional, de modo a evitar destruição e mortes desnecessárias. Como tal, as frotas dos Sand, Tyrell e Greyjoy ficam responsáveis por destronar os Lannister em Casterly Rock, enquanto os Unsullied e Dohtraki se movem para Sunspear.

Enquanto isso, Missandei decide aproveitar a última noite com Grey Worm e admitir os seus sentimentos por ele, os quais são claramente recíprocos. Embora, como saibamos, o soldado seja castrado, Missandei não se importa com tal pormenor e os dois acabam por consumar o seu amor durante a noite. É bom ver que, no meio de tantos planos de guerra, ainda há espaço para alguma paixão. E já estava na altura deste casal ter alguns minutos na luz da ribalta.

Winterfell

Jon recebe uma carta de Daenerys, a convidá-lo para Dragonstone, visto que ambos têm algo a ganhar com a aliança: o Norte é o último companheiro que Daenerys precisa para derrotar os Lannister e Dragonstone está cheio de vidro de dragão, o material que Jon precisa para derrotar os White Walkers.

Como tal, o protagonista decide viajar para sul e deixar Sansa (Sophie Turner) encarregue do território, embora ouça protestos por parte dos vários companheiros. Acho que é seguro dizer que a próxima semana prendará os fãs com o tão aguardado encontro entre Jon e Daenerys. E eu aposto que vai ser épico.

Oldtown

Jorah Mormont (Iain Glen) dá o ar da sua graça e percebe que a sua doença (greyscale) já está numa fase demasiado avançada e irá morrer brevemente. Sam (John Bradley), contudo, não se deixa conformar, visto que foi o pai de Jorah que lhe salvou a vida no passado.

Como tal, Sam decide experimentar um procedimento ilícito – e altamente doloroso – em Jorah. A única coisa a que assistimos foi a tortura de pele a um nível perturbador, resta saber se o doente sobrevive ou não.

King’s Landing

Jaime (Nikolaj Coster-Waldau) tenta persuadir Randyll Tarly (James Faulkner) a juntar-se à causa da sua família, em troca de um título honorário no reino. Não é novidade para ninguém que os Lannisters têm agora inimigos em todo o reino e estão com as pernas a tremer.

Enquanto isso, Cersei (Lena Headey) visita as catacumbas do palácio, onde se encontram os ossos dos três dragões que Aegon Targaryen usara no passado para conquistar os sete reinos. Ao que parece, os artesãos de King’s Landing têm estado a trabalhar em novas armas capazes de matar dragões e estas parecem revelar-se altamente eficientes.

Riverlands

Arya (Maisie Williams) continua a sua jornada para a capital, até que se cruza com o seu velho amigo Hot Pie (Ben Hawkey), que a informa que Jon Snow conquistou finalmente o norte. Como tal, Arya decide mudar o seu rumo para se voltar a reunir com a família.

Pelo caminho, cruza-se com uma matilha de lobos, entre eles Nymeria, o animal de estimação de que se havia despedido há largas temporadas atrás. O que poderia ter sido um reencontro emocionante acaba por ser um murro no estômago, visto que Nymeria ignora a ex-dona e Arya percebe que ambas se tornaram lobos solitários e independentes.

Narrow Sea

O episódio termina de forma bombástica, à medida que a frota de Euron (Pilou Asbaek) ataca os navios dos Greyjoy e companhia – interrompendo até uma sessão de engate super hilariante entre Yara e Ellaria.

A batalha é ao estilo de Piratas das Caraíbas mas exponencialmente mais sangrenta e violenta. Pelo caminho, as irmãs Obara e Nymeria Sand (Keisha Castle-Hughes e Jessica Henwick, respetivamente) são mortas, enquanto a terceira irmã, Tyene (Rosabell Laurenti Sellers), bem como Ellaria e Yara, são raptadas. Theon, por seu turno, revela-se ainda um cobarde e salta borda fora, escapando.

Eu devo ser das poucas pessoas que até tolerava as Sand Snakes e tenho pena de as ver ser eliminadas de forma tão brutal, deixando uma irmã para trás. Posto isto, Greyjoy parece ser um fantástico novo vilão – as suas expressões de loucura dão um ar fresco a esta sétima temporada. Bravo!

NOTA: 9/10

Source link

قالب وردپرس

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *