Game of Thrones: 7ª Temporada Episódio 6: O inimigo sempre vence

By | 21st August 2017

Esta análise é um oferecimento de DDTank Brasil. Para conhecer e jogar o game gratuitamente, clique aqui!

O sexto episódio da 7ª temporada de Game of Thrones foi ao ar hoje pela HBO e a investida contra os mortos-vivos está cada vez mais intensa.

[Esse texto contém Spoilers do 6º capítulo da 7ª temporada de Game of Thrones]

Episódio 1 – Episódio 2 – Episódio 3 – Episódio 4 – Episódio 5

As faces de Arya

Se tem uma personagem que cresceu em importância e habilidade, essa é Arya Stark. A menina sofreu tremendas provações enquanto treinava com o deus das mil faces em bravos, mas adquiriu um conhecimento por uma vida, tem uma auto-confiança de um ser poderoso e é um detector de mentiras ambulante. A investida de mindinho para colocar as duas garotas Stark está dando certo, não apenas pela carta “traidora de Sansa”, mas pelo fato da Lady de Winterfell continuar sendo manipulável. Isso ficou claro, pois apenas uma menção do lorde Petyr Baelish e Brienne deixou o norte.

O artigo continua abaixo

O mais interessante nisso tudo é que o mindinho está comendo pelas beiradas achando que está enfraquecendo Arya, mas pelo que a menina tem mostrado em suas aparições, ele não perde por esperar. Sansa encontrou os rostos e descobriu como Arya age, mas ao mesmo tempo se sentiu ameaçada pelas habilidades e poder da pequena Stark. Essa história está longe de acabar, mas ainda acho que a menina astuta vai vencer e expulsar o Lorde Baelish e se Sansa continuar nesses vacilos, vai junto.

O inimigo sempre vence

Jon Snow reuniu os membros da irmandade, dos selvagens e da muralha para conseguir capturar um morto-vivo, para assim entregá-lo e provar pra Cersei que o inimigo é muito mais tenebroso do que a guerra pelo trono. Acontece que essa investida não podia ter sido pior, pois perderam alguns homens que travaram uma batalha sanguinária com um urso morto-vivo, que resultou no ferimento que levou Thoros – um personagem que apareceu pouco, mas teve muitas cenas interessantes – à morte.

Em um diálogo sobre vida e morte de Beric com Jon Snow, o cara que ressuscitou 6 vezes disse algo importante para se pensar – O inimigo é a morte e ele sempre vence, mas temos que lutar contra isso até o fim. Isso reflete a atual situação dos personagens enfrentando um adversário extremamente poderoso. Beric e Thoros, em certo momento, empunharam uma espada de fogo, e para quem não sabe, há uma profecia de um guerreiro lendário – Azor Ahai – que tinha uma espada super poderosa que flamejava, a luminífera. Acredito que essa ainda não é a espada especial, pois é bem provável que Thoros tenha uma substância (provavelmente álcool) para causar esse efeito na arma.

Com os batedores de mortos destruídos e um walker capturado, a chegada do exército era iminente, e Gendry conseguiu correr até a muralha e avisar Daenerys do que estava acontecendo. Mais uma vez a garota ignorou Tyrion e partiu para o salvamento de Snow e companhia.

Dragão da noite

Com Daenerys no campo de batalha, parecia covardia para os mortos-vivos. Drogon incinerou mais da metade do exército, o que indicaria uma vitória relativamente fácil até o Rei da Noite aparecer. Até aquele momento, não tínhamos noção de como a coisa poderia mudar, até que o líder dos White Walkers arremessou uma lança de gelo e destruiu um dos Dragões da Targaryen. A cena em si foi ao mesmo tempo incrível e assustadora, pois agora Khaleesi pode ter um inimigo muito mais forte do que ela um dia sonhou.

A batalha foi árdua, a irmandade e os aliados sofreram para segurar os mortos, mas tudo isso culminou na cena mais importante para os próximos episódios: O Rei da Noite ressuscitou o dragão abatido, transformando-o em uma besta altamente poderosa. Havia uma teoria sobre um dragão adormecido dentro da muralha, e que era um morto-vivo, pois pode muito bem ser esse agora.

Isso significa duas coisas importantes: Uma é que o Rei da Noite está mais poderoso do que nunca, pois pode facilmente derrotar os dragões de Dany com a lança e está montando o animal mais feroz do mundo. Outro é que a teoria de que Jon Snow e Tyrion seriam as outras cabeças do Dragão, pode ter caído por terra.

O artigo continua abaixo

Concluindo, esse episódio continua seguindo a linha da guerra contra os caminhantes brancos. Daenerys está cada vez mais próxima de Snow, e um romance está prestes a acontecer. Arya está mais perto de desbancar os objetivos de Sansa, bem como bater de frente com mindinho, e aí a coisa vai feder. Tyrion vem se mostrando fora de sintonia com a mãe dos dragões e essa aliança pode muito bem se quebrar. Agora é aguardar a luta dos dragões e do exército dos mortos, algo que Cersei provavelmente irá se aproveitar.

O episódio 8 da 7ª temporada de Game of Thrones vai ao ar Domingo que vem, dia 27. Fiquem ligados.

Source link

قالب وردپرس

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *