David Peterson conta como criou os idiomas de ‘Game of Thrones’ – Cultura e Lazer

By | 27th July 2017

Televisão26/07/2017 | 19h01Atualizada em 26/07/2017 | 19h01

Linguista foi contrato pelos produtores da série após vencer um concurso de criação de idiomas

“Vevhven” significa excelente em dothraki. É a palavra que David J. Peterson, o criador das línguas de Game of Thrones usa para definir os fãs da série, que agora podem conhecer um pouco mais de seu universo. Juntamente com a plataforma de ensino de idiomas Duolingo, Peterson lançou o curso de alto valiriano, língua nativa de Daenerys.

Com ajuda do ciclismo, santa-mariense supera síndrome rara

As poucas frases presentes na obra de George R.R. Martin forneceram a base para que Peterson criasse o dothraki, língua dos guerreiros nômades, e o valiriano, língua dominante de Essos antes da destruição de Valíria, antigo lar da Casa Targaryen.

– Quando se cria um idioma para pessoas fictícias é preciso saber o máximo possível sobre elas. O próximo passo é entender como as sílabas são formadas e quais sons são emitidos, para então criar a gramática. Me certifiquei de que a gramática criada por mim fosse apropriada e correspondesse ao vocabulário dos livros – explica.

Foto: Reprodução

O linguista foi contratado após vencer um concurso lançado pelos produtores da série para escolher o criador do idioma dos dothraki. 

– Tive cerca de um mês e meio para enviar minha proposta. Usei todo o material disponível nos livros, nos quais existiam mais de 60 palavras e dezenas de frases com significados específicos.

o alto valiriano foi criado em cerca de quatro meses, contudo o processo foi mais complicado, já que os livros traziam somente duas frases no idioma, as conhecidas “Valar Morgh¿lis (todos os homens devem morrer)” e “Valar Dohaeris (todos os homens devem servir)”. 

– Usei essas duas frases para criar todo o sistema verbal. Como não havia muito material, tive total liberdade para criar o alto valiriano.

VÍDEO: jovem pede namorada em casamento em sessão de cinema em Santa Maria

Peterson tem inventado línguas por 17 anos, mas foi somente com o trabalho em Game of Thrones que o hobby se tornou profissão. O dothraki é o idioma em que ele vem trabalhando há mais tempo, e também o maior em termos de vocabulário. Ele diz que é um trabalho contínuo, no qual nunca para de trabalhar.

As aulas de alto valiriano, desenvolvidas com a ajuda de mais três especialistas, foram lançadas em 13 de julho e já estão sendo cursadas por mais de 46 mil usuários

– Essa é a melhor forma possível dos fãs aprenderem o idioma – afirma Peterson.

Source link

قالب وردپرس

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *