Batalha naval hollywoodiana de Game of Thrones é aperitivo do que está por vir · Notícias da TV

By | 24th July 2017

[Atenção: este texto contém spoilers]

A sétima temporada de Game of Thrones começou com o pé na tábua. Já no segundo episódio, exibido ontem (23), o drama da HBO trouxe uma batalha naval épica, digna dos grandes filmes de guerra hollywoodianos, que durou cinco minutos, entre as embarcações humildes dos sobrinhos Greyjoy contra a imponente frota do tio.

O confronto em plena noite ajudou a deixá-lo mais épico, com belas imagens de navios pegando fogo e dezenas de soldados lutando pela sobrevivência em meio às chamas.

No final, Euron (Pilou Asbaek) raptou sua sobrinha Yara (Gemma Whelan), que servirá como presente à rainha Cersei Lannister (Lena Headey), prometido no primeiro episódio da temporada. Todo o duelo serviu apenas como um aperitivo da grande guerra que está por vir, entre os subordinados de Cersei e os aliados de Daenerys Targaryen (Emilia Clarke).

Além disso, a batallha familiar serviu para mostrar que Euron pode ser (aparentemente) um homem de palavra, no qual Cersei pode confiar _e ela realmente precisa de uma frota naval de presença para não passar vergonha e ser derrotada. E também deu fim a duas das três irmãs Sand, Nymeria e Obara (Jessica Henwick e Keisha Hughes, respectivamente), que nunca agradaram aos fãs.

A tática do outro lado
No corner oposto, Daenerys tinha armado um plano perfeito para tomar King’s Landing sem bancar a exterminadora de vidas. Mas quando chegar em Dragonstone a notícia do que aconteceu com a aliada Yara, provavelmente o plano sofrerá mudanças.

Ela deu o primeiro passo para concretizar o encontro aguardado pelo público, com Jon Snow (Kit Harington). A Mãe dos Dragões mandou um bilhetinho endereçado ao Rei do Norte propondo uma reunião estratégica; desde que ele se curve perante ela, claro. A ideia foi proposta por Melisandre (Carice van Houten) e aprovada por Tyrion Lannister (Peter Dinklage), principal conselheiro de Daenerys.

Após receber o recado da loira, Snow ficará sabendo que em Dragonstone, lar dos Targaryens, há vidro de dragão soterrado. Logo, uma mão lavará a outra: Snow pode juntar seus aliados e reforçar o exército de Daenerys contra Cersei, enquanto ela permite que vidros de dragão sejam desenterrados.

O vidro de dragão é o único artifício com poder para derrotar um white walker, aquelas humanoides que trarão a Longa Noite de inverno. E o fogo expelido pelos dragões é capaz de destruir os zumbis, chamados para lutar com os white walkers na tomada de Westeros.

Reencontro?
Arya Stark (Maisie Williams) mudou de ideia. Ela estava cavalgando sem hesitação para King’s Landing com o único objetivo de encontrar Cersei e matá-la. Mas ao saber que seu “irmão” Jon Snow está em Winterfell e é o rei do pedaço, a baixinha deu meia-volta e partiu rumo à sua terra natal.

Como ao mesmo tempo Snow está em direção de Dragonstone, ou eles se encontram no meio do caminho ou Arya irá se deparar com outra surpresa: verá sua irmã, a Sansa (Sophie Tuner), como a rainha interina do Norte, na ausência de Snow.

Source link

قالب وردپرس

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *