agora é tudo ou nada! (Crítica com spoilers)

By | 21st August 2017

Na noite deste domingo, 20 de agosto de 2017, foi ao ar o penúltimo episódio da sexta temporada de ‘#Game of Thrones‘, pela #HBO. O episódio já havia vazado pela HBO Espanha e foi compartilhado como os ventos do inverno pelas redes sociais e sites de vídeos. No episódio intitulado ‘Além da Muralha’ (Beyond the Wall, no original em inglês), vimos que o Rei da Noite possui uma mira muito melhor do que a de Bronn e acertou um dos dragões de Daenerys de primeira, confirmando a teoria de que, sim, temos um Dragão de Gelo em #got.

Tudo começou quando o grupo de Jon Snow foi para lá da muralha buscar um dos Whites (mortos-vivos) para provar ao restante de Westeros a existência destas criaturas malignas.

Claro que a missão tinha tudo para dar errado, logo, foi surpreendentemente fácil demais quando eles conseguiram encurralar um grupo pequeno de mortos liderados por um White Walker que não colocou medo nem no Gendry e capturar um dos zumbis. Quem adivinharia, nessa altura, que o monstrinho poderia soltar um berro e convocar todo o restante da sua horda para virem ao seu auxílio.

Logo, o grupo de Jon, que conta também com Jorah Mormont, Sandor Clegane, Thoros de Myr e Beric Dondarrion, se viu encurralado por uma horda de zumbis liderados pelos White Walkers que aguardavam apenas que o acesso ao grupo pela água congelasse, permitindo a passagem. Não demorou para Daenerys chegar com seus três dragões e ver um deles ser morto pelo Rei da Noite enquanto ela resgatava o Esquadrão Suicida da HBO.

O episódio também contou com a participação de uma tenebrosa Arya Stark que deve ter feito a irmã, Sansa (Lady Stark), realmente acreditar que ia morrer por ter “traído” sua família e cobiçar o poder de Jon. Além de mais uma brilhante atuação de Peter Dinklage no papel de Tyrion Lannister em suas interações com Daenerys, que continua a acusá-lo.

Heróis

Narrativamente, o episódio foi perfeito. Mas quando paramos para pensar para onde a série está caminhando em seu season finale e tudo o que ela nos revelou nesta temporada, não tem como não pensar que Jon Snow (Stark e Targaryen) é o grande protagonista ao lado de Daenerys (nascida da Tormenta e todos aqueles outros títulos), o que foge da narrativa até então encontrada neste mundo fantasioso de George R. R. Martin, onde ninguém está a salvo e não há protagonistas, todos são heróis e vilões ao mesmo tempo. Em nenhum momento, nestes sete anos, Jon Snow foi vilão, ele é o típico herói das histórias de ficção. Daenerys, por sua vez, é mais questionável [VIDEO].

A sombra do Rei Louco sempre pairou em suas questionáveis atitudes (RIP, Tarlys).

A história das Crônicas de Gelo e Fogo adaptadas com tanta maestria por Game of Thrones já tem publico garantido, seja qual for o desfecho deste ano ou a premissa da última temporada, e merece o sucesso que a acompanha. Mas esta temporada, que com toda certeza é épica e caminha para a conclusão, está muito diferente de todas as outras por sua previsibilidade (independente dos vazamentos rotineiros e a chuva de spoilers na rede). Espero aquele final surpreendente que me faça ficar pensando na série até a próxima temporada, o episódio final irá ao ar no próximo domingo, 27 de agosto, pela HBO. Mesmo que ele acabe vazando, assim, por acidente, uma vez mais.

Source link

قالب وردپرس

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *